AVISO!
Home / Família Vicentina / Síntese do Simpósio Internacional da Família Vicentina e encontro do Papa com os vicentinos

Síntese do Simpósio Internacional da Família Vicentina e encontro do Papa com os vicentinos

Papa Francisco reza diante do coração de São Vicente de Paulo, no Simpósio Internacional da Família Vicentina.

Por quatro dias Roma foi profundamente marcada pelo carisma vicentino. Com lenços amarelos e espalhados por todos os cantos da cidade cerca de 10 mil pessoas que seguem os passos de São Vicente de Paulo em diversas obras de caridade pelo mundo testemunharam, de 12 a 14 de outubro, o vigor de um carisma católico que já tem 400 anos de história. Foi o Simpósio Internacional da Família Vicentina. A participação do Papa Francisco ressaltou a importância do evento, que deixa pistas de ação para os desafios sociais que a humanidade enfrenta atualmente.

Ao falar para os vicentinos de 99 países na Praça de São Pedro, no dia 14, O Papa Francisco elogiou as ações de São Vicente de Paulo e disse que o cristão não pode ficar sentado na poltrona esperando o mundo mudar. Para o Pontífice, o espírito vicentino deve guardar três verbos: adorar, acolher e ir. Com oração, abertura ao próximo e ação é possível experimentar o bom contágio da Caridade.

Uma das grandes preocupações da Família Vicentina é o serviço aos refugiados. Durante o Simpósio foi divulgada a Iniciativa Global da Família Vicentina para os Sem-Teto. O objetivo é financiar projetos por todo o mundo para atender migrantes que necessitem de habitação. Os detalhes sobre como enviar propostas ainda serão divulgados. Outra atividade também vai marcar o aniversario dos 400 anos do Carisma vicentino: um festival de cinema, em que serão reconhecidas e premiadas produções relacionadas ao serviço aos desfavorecidos.

O evento

Além de encontrar com o Papa Francisco os participantes também tiveram um dia de palestras relacionadas ao tema “Era estrangeiro e me acolheste”. As atividades ocorreram em diversos locais, de acordo com o idioma dos inscritos (português, francês, espanhol e inglês) e incluíram a celebração eucarística. A abertura do Simpósio ocorreu na noite de 12 de outubro com vigília dedicada a Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa na Basílica de São João de Latrão, a mais antiga de Roma, e o encerramento foi na Basílica de São Paulo Extra Muros, com Santa Missa presidida pelo padre Tomaž Mavrič, coordenador internacional da Família Vicentina.

Palestras em português

Cerca de 200 pessoas acompanharam palestras em português no Colégio Leoniano, uma instituição vicentina localizada a cerca de 800 metros do Vaticano. Eduardo Marques Almeida falou sobre a questão dos refugiados, Mizael Poggioli abordou a questão da busca por dignidade no serviço aos necessitados e a irmã Alessandra Oliveira (Filha da Caridade) apresentou reflexão sobre “os serviços vicentinos: a partir daqui.. para onde?” , escrita pela sua colega francesa Fraçoise Petit. A animação com músicas ficou por conta do coral da Juventude Mariana Vicentina de Portugal.

Veja também

Participe da Festa de São Vicente de Paulo 2019

Dia 22/09/19 vamos juntos ao Quartel General do Exército celebrar em honra ao patrono das …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *